• Nael Rosa

ACIAS realiza o sorteio da promoção Presente Legal


Na tarde desta terça-feira, 26, em sua sede, a Associação, Comercial, Indústria, Agropecuária e Serviços- ACIAS/CDL finalizou a sua maior promoção anual, o “Presente Legal”, que propicia aos sócios da entidade a oportunidade de ganhar prêmios de valor significativo ao fazerem suas compras no comércio local e não no grande centro mais próximo, no caso Pelotas e por fim, premia com uma singela quantia em dinheiro os vendedores responsáveis pela distribuição dos cupons premiados.

A campanha teve largada em 20 de novembro e se estendeu até a véspera de natal, distribuindo 67 mil cupons a 25 associados, número considerado baixo pelo presidente Marcel Drum, se levado em conta que o total de sócios são 65.

O que reduziu também em relação a anos anteriores, foi o numero de prêmios: de cinco para trê, mas o valor comercial e a qualidade continuaram atrativos, por exemplo: o terceiro prêmio, ganho por Ingrid Lopes, que comprou na Floricultura Florarte, foi um Smartphone.

O segundo prêmio sorteado para Fernando Lucas e que fez compras na Westermann Comércio e Agropecuária, foi uma Smart TV 32” e o mais cobiçado, que vai engordar a conta bancária de Eduarda Teles Coutinho que comprou na Farmácia Galeno II, foram quatro salário mínimos, o que totaliza R$ 3.748,00.

Drum, que estará concluindo o seu mandato de dois anos daqui a seis meses, concorda que está na hora de rever a promoção já que esta ficou abaixo das expectativas. Mas não culpa a crise que assola o país por isso.

- Tivemos uma diminuição este ano no número de participantes. Ano passado foram 38 e em 2017 apenas 25. Entendo que está na hora inclusive de rever a forma de fazer os sorteios, pois quem busca o comércio procura participar, mas notamos que está havendo uma redução e talvez seja ao momento de dar uma sacudida inclusive nos empresários – avalia.

Quanto às vendas, o presidente entende que estas não foram atingidas, ou seja, tiveram queda, mas a promoção do CLD necessita de uma reviravolta, de uma reavaliação da forma como é feita. Um ponto apontado por ele é o custo que nesta edição ficou em sua opinião, muito elevado.

-Poderia ter sido mais em conta e isso fez o empresário recuar. Agora é repensar para o próximo ano para que a promoção retome seu crescimento – encerra.


  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020