• Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020

  • Nael Rosa

APAE celebra Dia Internacional da Síndrome de Down


Para marcar e celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado em 13 países, a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais, APAE Piratini, reuniu uma parcela significativa de seus frequentadores, monitores, orientadores e demais funcionários na Associação Rural de Piratini, ontem, 21 de março.

A data é reservada no calendário para conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade, frisando sempre que a síndrome não é uma doença, mas sim uma mutação do material genético humano, presente em todas as raças.

Entre as atividades recreativas que envolveram frequentadores, seus mestres e demais apaianos, a vice-presidente Mônica Taddei, uma das que estiveram presentes as primeiras ações para construir a sede atual há quase 30 anos, resumiu o que é trabalhar não só com Down, mas com todo tipo de necessidade especial.

“Todo o nosso trabalho visa socializá-los ao máximo possível. Buscamos a inserção no mercado de trabalho e na sociedade como um todo, pois nosso intuito é provar que é possível ser diferente com respeito. Os Down são seres iluminados, e querem e precisam se sentir valorizados como seres humanos, assim queremos que sejam seres mais plenos e mais felizes, e é exatamente assim que eu me sinto quando estou junto a eles”, disse.

Ela acrescentou que todos os que convivem com portadores também dessa síndrome são igualmente especiais um vez que não é tarefa fácil conviver com o “diferente”, mas que todos precisam sim fazer com que essas crianças e adultos especiais verem que vale à pena aproveitar a vida que aí está buscando sempre a felicidade.