• Douglas Dutra

Ação do Sicredi beneficia escola de educação infantil


Uma ação do Sicredi agência Piratini, que integra as missões e atividades do Dia Nacional do Cooperativismo, celebrado no Brasil em 30 de maio, está proporcionando um espaço mais aprazível e adequando para 110 das 140 crianças da Escola de Educação Infantil Meu Lar, localizada na Rua Otacílio Costa Rosa.

A quadra, que integra as dependências do educandário, contou no último final de semana com a mão de obra de parte dos funcionários da instituição financeira, que junto a integrantes da Meu Lar e pais de alunos deram inicio à renovação do espaço. A iniciativa propiciou neste primeiro momento a poda de árvores, a extração de plantas nativas que invadiram o espaço para recreação e até parte do conserto do cercado de tela que aonde for necessário será renovado.

“Estamos satisfeitos com a parceria e felizes por termos sido contemplados, já que até então esse tipo de atividade era realizada em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação e nos permitia uma manutenção parcial, pois são apenas dois funcionários disponíveis para todas as escolas, assim apenas o primário era feito e dessa vez foi uma limpeza mais abrangente”, disse a diretora Liziane Funari Lopes.

Indagado sobre a iniciativa, Breno Stefani, gerente do Sicredi local, destacou que a atividade faz parte das metas e ações que também traduzem o sistema cooperativo.

“Estamos falando de cooperativismo, o que para nós significa a união de pessoas para fazer algo que é necessário para todos. Entre nossas missões, que comportam agregar renda ao associado e contribuir com a comunidade, há os lados financeiros, sociais e ecológicos, buscando o equilíbrio de todos”, destacou.

Para Stefani é algo simples de fazer, pois basta reunir pessoas para fazer algo que seja bom para a comunidade, neste caso, proporcionado um espaço mais adequado não só para os alunos da educação infantil, mas também os frequentadores da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), já que a instituição é vizinha da escola Meu Lar.

“O que temos de mais caro é o tempo. Sabemos que na concepção da maioria das pessoas o que estamos fazendo é obrigação da prefeitura, mas esta também somos nós. Eu questiono: será que não podemos fazer coisas mais simples ainda e que não necessitem do financeiro? Se outras pessoas olharem para outros lugares, mais gente será beneficiada”, conclui o gerente.

Nas próximas etapas da renovação da quadra esportiva a substituição da cerca de tela terá continuidade junto à renovação da pintura da base e também dos postes.


  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020