• Nael Rosa

Piquete Herdeiros da Tradição vence o desfile de cavalarianos


Em Piratini a data máxima do gaúcho é especial e traz à cidade que tem papel preponderante na história do Rio Grande do Sul, admiradores da cultura sulina que vem de outros pagos para, no dia 20 de setembro participar ou apreciar o desfile de cavalarianos pelas avenidas Maurício Cardoso e Gomes Jardim.


Cortando o Centro Histórico de uma extremidade a outra no lombo do cavalo ou fazendo parte de alegorias que retratam o dia a dia de lida do homem do campo, prendas e peões foram novamente, a exemplo do que acontece anualmente, aplaudidos ao serem os personagens principais da atração mais esperada da semana farroupilha na terra de Barbosa Lessa, ícone da cultura riograndina.


Este ano nove entidades locais e uma visitante: PTG Ferradura-Pelotas, trouxeram para a apreciação da comissão julgadora, e entre estas, surpreendentemente, não esteve o multicampeão Resto de 35, que tem 16 títulos.


Ocorre que, segundo a comissão organizadora do desfile em 2018, o piquete perdeu o prazo para a retirada da Guia de Trânsito Anima- G.T.A., uma exigência da Inspetoria Veterinária e que atesta a sanidade dos animais.


“Foi aberto um procedimento na Inspetoria que requisitava que o responsável pela entidade que pretendia desfilar tinha que assinar um documento para confirmar presença e nós não assinamos, pois entendo não ser necessário, pois nossa historia por si só garante que desfilaríamos, pois tudo estava pronto, inclusive as alegorias”, disse Vagner Guastucci, uma das lideranças do 35.


Apuração

A apuração para saber quem seria o campeão do ano ocorreu à noite no Centro de Eventos Erni Pereira Alves, e devido a uma confusão durante a somatória das notas, o resultado atrasou uma hora e meia.


“O regulamento é claro: diz que, se você atrasar a passagem perde pontos, e se antecipar a mesma é desclassificado. As regras não foram respeitas, pois o Piquete Tento a Tento não obedeceu ao que estava escrito e estranhamente não foi punido”, reclamou Roberto Garcia, patrão do Rastro de Farrapos.


Depois de muita discussão, o secretário de Cultura Fladmir Gonsalves anunciou que, com 99,2 pontos o campeão de 2018 foi o Piquete Herdeiros da Tradição. Logo a seguir, com 95,2 pontos, o Querência Chucra que ficou com o vice- campeonato. Por fim, na terceira posição, o Piquete Tento a Tento, que alcançou 94, 4 pontos.


banner ideau.jpeg
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020