• Douglas Dutra

Populações de Piratini e Canguçu procuram vacina contra gripe


Em Canguçu após seis suspeitas de gripe A, H1N1, as 3 mil doses que estavam disponíveis nos postos de saúde da cidade foram esgotadas ainda na manhã de segunda (3), quando as filas viravam o quarteirão, segundo informações do site Canguçu Notícia. No entanto, apesar do pânico da população, quatro suspeitas já foram descartadas, e as outras duas suspeitas de H1N1 ainda estão sob análise e não há confirmação de que sejam, de fato, casos de gripe A.

Em Piratini, ainda há doses da vacina contra a gripe, que já está liberada para toda a população, e há doses reservadas especificamente para os grupos de risco.

Segundo Fernanda Hernandez, enfermeira do Posto de Saúde Central, em Piratini não há nenhum caso suspeito de H1N1 e não há nenhum motivo para preocupação do público. Porém, mesmo sem casos registrados, a vacina contra a gripe é recomendada a toda a população, em especial aos grupos de risco.

De acordo com a enfermeira, apenas 63% do público alvo foi vacinado em Piratini, uma quantidade extremamente baixa, porém, entre a segunda-feira (04) e a terça (05), cerca de mil pessoas já se procuraram a vacina após o período de exclusividade dos grupos de risco.

Em Piratini, as vacinas continuarão sendo oferecidas à população até o término dos estoques.


  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020