• Douglas Dutra

Bandeira vermelha terá novas restrições em Piratini

A região de Pelotas, da qual Piratini faz parte, volta à bandeira vermelha a partir desta terça-feira (11). O decreto regulamentando as restrições será publicado até esta terça, e adotará novos protocolos de atendimento e restrições para o comércio.


Segundo o secretário de Saúde de Piratini, Fernando Taddei, os novos protocolos serão adotados por todas as regiões em bandeira vermelha do estado. O decreto formalizando as novas medidas deverá ser publicado ainda nesta segunda.


Pelo novo decreto, o comércio de itens não-essenciais, como roupas, variedades, eletrônicos e móveis, poderão atender de quarta a sábado, das 10 às 16h, com apenas 25% dos funcionários e por pague e leve, sem receber clientes no interior do estabelecimento.


Padarias poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h, e em outros dias por pegue e leve e tele-entrega. Restaurantes podem funcionar de segunda a sexta, das 10 às 16h, sem buffet ou self-service, com pegue e leve e tele-entrega aos finais de semana.


Lanchonetes e pizzarias poderão atender apenas remotamente, sem receber clientes. Bares não poderão abrir.


O comércio de itens essenciais, como mercados, açougues e fruteiras, poderá atender com o limite de 30% do PPCI, com no máximo 30 clientes por vez e 50% dos funcionários.


Academias deverão operar com até 25% dos funcionários com espaço de 16m² por cliente. Bancos e lotéricas poderão funcionar com 50% dos funcionários e número limitado de clientes.


Barbearias e salões de cabeleireiro poderão funcionar com atendimento individualizado, com distanciamento mínimo de 4 metros entre clientes.

Igrejas e cultos religiosos poderão funcionar com máximo de 10% da ocupação, com uso obrigatório de máscaras e higiene das mãos.


Confira as novas regras:


  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020