• Douglas Dutra

Dada a largada para a corrida eleitoral

A corrida eleitoral começou oficialmente neste domingo (27), em um ano atípico devido a pandemia do coronavírus. Deste dia até 14 de novembro está permitida a propaganda eleitoral, em um momento em que o poder da internet e das redes sociais deve se consolidar.

Pedro Stein (PSOL), Vitor Ivan Rodrigues (PDT), Márcio Porto (MDB), Marcial Guastucci (PTB) e Francisco Luçardo (PSDB)

Outro destaque deste ano é o número elevado de candidatos na maioria dos municípios. Em Piratini, são cinco candidatos a prefeito e 57 candidatos a vereador (o número pode diminuir após o julgamento da Justiça Eleitoral), os maiores números desde a redemocratização. No Rio Grande do Sul são mais de 1300 candidatos a prefeito e mais de 30 mil candidatos a vereador.


Em Piratini, as cinco candidaturas atravessam partidos de todo o espectro político. O atual prefeito Vitor Ivan Rodrigues, o Vitão, disputa a reeleição com o movimento Compromisso com Piratini, composto por PDT, PL e PT. O ex-prefeito Francisco Luçardo busca voltar ao Executivo 12 anos após ter saído, pelo PSDB coligado com o PSB no movimento Piratini no Coração.


O atual vereador Marcial Guastucci, o Macega, disputa o Executivo pelo PTB, após sair do MDB, pelo qual foi eleito vereador em 2012. Pelo MDB, empresário Márcio Porto disputa sua primeira eleição. O agricultor Pedro Stein completa a lista de candidatos a prefeito pelo PSOL.


Em Pinheiro Machado o cenário também está definido: serão três candidatos a prefeito e 61 candidatos ao Legislativo. Disputam o executivo Carlos Betiollo, pelo PSDB na coligação Pinheiro Machado Pra Todos, com o PDT; Gilson Rodrigues, pelo PT; e, Rogério Moura, pelo PSB, na coligação Um Novo Tempo, com PP e MDB.


Em Canguçu, cinco candidatos disputam a prefeitura e 146 candidatos disputam assentos na Câmara de Vereadores. Pelo Executivo canguçuense disputam Cássio Mota, do PP; Celis Madrid, do PT; Neviton Nornberg, do PDT na coligação Canguçu Para Todos, com PSB; Rodnei Ribeiro, do PSDB; e, Vinicius Pegoraro, do MDB na coligação Canguçu em Primeiro Lugar, com PTB, PSL, Patriota e Republicanos.


Em Cerrito são dois candidatos a prefeito, Cairo Corrêa, do PT, e Douglas Silveira, do PP, na coligação Pra Fazer Mais, com PDT, PSDB e PTB. 51 candidatos disputam a câmara de Cerrito.


Pedro Osório tem dois candidatos à prefeitura: Cebinho, do PT na coligação Unidos por Pedro Osório, com o PP; e Chola, pelo MDB na coligação Pedro Osório no Rumo Certo, com PDT, PTB e PSDB.


A propaganda eleitoral em rádio e TV começa no dia 9 de outubro. Os eleitores vão às urnas em 15 de novembro. Onde houver, o segundo turno será em 29 de novembro.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020