top of page
  • G1

França proíbe uso do TikTok em celulares de funcionários públicos


A França anunciou, nesta sexta-feira (24), que está proibindo o uso do TikTok em dispositivos de trabalho de funcionários públicos. A informação foi confirmada pelo ministro da Função Pública, Stanislas Guerini, em sua conta no Twitter.


Além da França, outros países já baniram o popular aplicativo chinês em aparelhos de servidores públicos, incluindo o parlamento do Reino Unido, os holandeses, as administrações belgas e o parlamento neozelandês. Estados Unidos, Canadá e Índia também tomaram a mesma medida.


"Para garantir a segurança cibernética de nossas administrações e funcionários públicos, o governo francês decidiu proibir aplicativos recreativos, como o TikTok, nos telefones profissionais dos funcionários do Estado", disse Stanislas Guerini.


O ministro ainda informou que aplicativos recreativos não têm níveis suficientes de cibersegurança e proteção de dados, acrescentando que a proibição entra em vigor imediatamente, segundo a agência Reuters.


Os países que baniram o TikTok em celulares de funcionários públicos alegam que a medida foi tomada para garantir a segurança cibernética, afirmando que a ByteDance, dona do TikTok, pode entregar dados de usuários ao governo chinês. A empresa, por sua vez, nega.

Comentários


bottom of page