Futebol: Inter fica no 1x1 com o Guairenã


Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Em um jogo onde o goleiro do Guairenã foi escolhido o melhor em campo, o colorado empatou mais uma e voltou do Paraguai com 1 ponto na bagagem. O Inter teve domínio durante praticamente toda partida, mas um erro de arbitragem à favor do Guairenã dificultou a missão colorada de buscar a vitória.


Desde o início da partida o time colorado buscou o jogo e tentou criar as jogadas de ataque. A equipe do Guairenã, por sua vez, buscava se defender e puxar os contra-ataques para tentar o gol. E foi em um contra-ataque que o time paraguaio chegou ao gol, após recuperar a bola no meio-campo, Vilalba dividiu a bola com o zagueiro Bruno Mendez e o juiz, erroneamente (na 1ª fase da Copa Sul-Americana não tem VAR), marcou pênalti que foi convertido por Otazú.


No intervalo de jogo, Mano Menezes colocou no time Rodrigo Dourado e David nos lugares de Gabriel e Maurício, respectivamente. As mudanças surgiram efeito rapidamente e o colorado chegou ao gol de empate aos 7 minutos do 2º tempo, em jogada onde Rodrigo Dourado recuperou a bola, lançou De Pena que achou Renê em condições de cruzar para o gol de Wanderson (o 1º gol dele com a camisa colorada). Depois do empate o Guairenã se assustou e, aos 9 minutos, Joel Jiménez foi expulso ao impedir boa arrancada de David. Depois da expulsão, o que se viu foi o Inter criando e desperdiçando chances de gol. O goleiro Escobar salvou várias vezes cara a cara com os jogadores colorados.


Com o empate, o colorado segue na vice-liderança do Grupo E, com os mesmos 6 pontos do Guairenã, mas o resultado não foi de todo ruim, pois os próximos 2 jogos do Inter são no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O grupo segue embolado e os times ainda tem chances de classificação.