• Douglas Dutra

Hackers roubam mais de R$ 500 mil da Prefeitura de Piratini

A Prefeitura de Piratini foi vítima de um ataque hacker nesta segunda-feira (12). Os invasores roubaram R$ 528.202,11 das contas do Executivo no Banco do Brasil através de transferências bancárias e PIX.

Prefeito noticiou o ocorrido em coletiva

O prefeito Márcio Porto (MDB) convocou uma coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (13) para informar a comunidade sobre o ocorrido. De acordo com ele, o secretário de Administração, Carlos Garcia, estranhou as movimentações na conta da prefeitura.


Segundo o assessor jurídico, Felipe Farias, os criminosos fizeram 12 transações. O Banco do Brasil foi informado e tentará reaver o valor. A Polícia Civil irá investigar o caso.


Ataques hackers a prefeituras e câmaras de vereadores são um crime cada vez mais comum pelo país. No ano passado, uma operação da Polícia Civil investigou invasões a computadores de 90 instituições no Rio Grande do Sul.


Em outubro passado, hackers invadiram os sistemas da Prefeitura de Candiota, sequestraram dados e exigiram um pagamento em bitcoins, uma moeda virtual impossível de rastrear.


Em março, um crime parecido aconteceu em Imbuia, Santa Catarina, com cerca de 6.200 habitantes. Hackers invadiram 10 contas bancárias, também do Banco do Brasil, e roubaram R$ 1,9 milhão por Pix.


Na terça-feira passada (6), em Santa Rosa de Lima, também em Santa Catarina, criminosos roubaram cerca de R$ 300 mil por Pix.


Os criminosos se aproveitam de vulnerabilidades nestes sistemas e podem roubar dados, apagá-los ou instalar vírus.

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020