• Redação

Júri condena réus pelas mortes de Hermínio e Horaci

O tribunal do júri que começou na terça-feira (17) e encerrou apenas na noite da quarta (18) condenou os irmãos acusados pelo assassinato dos, também irmãos, Hermínio da Rosa Ávila e Horaci da Rosa Ávila. Os assassinatos foram cometidos em março de 2016, no interior de Piratini.

Júri foi transferido para Foro de Pelotas. Foto: Carlos Queiroz/reprodução

O policial da Brigada Militar, Edelmiro Mendonça Furtado (45) foi condenado a 23 anos e 9 meses e Armando Furtado (50) foi condenado a 18 anos e sete meses, ambos em regime fechado. Edelmiro perdeu também sua função pública na Brigada Militar.


Os também réus, Armando Meireles Furtado, pai dos assassinos, e Luiz Carlos Borges foram inocentados da acusação de formação de milícia, a pedido do Ministério Público.


O júri foi desaforado, isto é, retirado de seu foro de origem, em Piratini, para o Foro da Comarca de Pelotas, onde foi presidido pelo juiz Régis Adriano Vanzin.

Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020