top of page

Morre Erasmo Carlos, aos 81 anos


Aos 81 anos, um dos maiores ícones do rock e da música pop brasileira se despediu. Erasmo Carlos morreu nesta terça-feira (22). Amigo de fé de Roberto Carlos, cantor e compositor estava internado no Hospital Barra Dór, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). A causa da morte ainda não foi divulgada.


No início do mês, Erasmo recebeu alta após ficar internado no hospital, com um quadro de edema. O Tremendão chegou a ser alvo de notícia falsa que afirmava que ele havia falecido no dia das eleições, mas o boato logo foi desmentido. Ele mesmo brincou com o boato de morte ao desmenti-lo, quando postou uma foto em pé, próximo da janela do hospital e escreveu: "Estou muito vivo".


Na ocasião, o músico estava internado desde 17 de outubro para passar por exames e realizar a readequação de medicamentos de uso contínuo. No entanto, o período no hospital foi estendido após Erasmo apresentar um quadro de síndrome edemigênica, que implica em inchaço devido ao mal funcionamento de um ou mais órgãos como rim, fígado ou coração.


Erasmo foi premiado na última quinta-feira (17), com um Grammy Latino na categoria de Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa, pelo álbum O Futuro Pertence À... Jovem Guarda (2022)— último disco que ele lançou. Sua última publicação no perfil do Instagram, no dia 18 de novembro, agradece ao prêmio: "É tão importante entender o conceito, quanto ouvir a música… Existem várias formas de amor, e eu preciso de todas. Obrigado a todos que contribuíram para mais essa vitória, esse Grammy é o reconhecimento do nosso trabalho. O Futuro Pertence à Jovem Guarda!".

Comentários


bottom of page