Piratini registra recorde de novos casos; RS bate recorde de novas mortes

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou 12 novos casos de Covid-19 em Piratini nesta quinta-feira (4). Este é o maior número de casos registrados em um único dia em Piratini. O total chega a 316 casos e seis óbitos.


Em apenas quatro dias, Piratini registrou 28 casos no mês de março.


Piratini tem 53 casos ativos: 50 em isolamento domiciliar, dois em leito de enfermaria e um em leito de UTI.


Os novos casos em Piratini são:

  • Mulher, 54 anos, sintomática em casa;

  • Homem, 74 anos, sintomático em casa;

  • Homem, 52 anos, sintomático em casa;

  • Mulher, 38 anos, sintomática em casa;

  • Homem, 34 anos, sintomático em casa;

  • Mulher, 65 anos, sintomática em casa;

  • Mulher, 70 anos, sintomática em casa;

  • Homem, 49 anos, sintomático em casa;

  • Mulher, 24 anos, sintomática em casa;

  • Homem, 52 anos, sintomático em casa;

  • Homem, 56 anos, sintomático em casa;

  • Mulher, 52 anos, sintomática em casa.

Também nesta quinta, o Rio Grande do Sul bateu um novo recorde de mortes por Covid-19: foram 188 óbitos registrados nas últimas 24 horas. Com isso, o RS passa dos 13 mil óbitos, chegando às 13.021 vidas perdidas por Covid-19 no estado. O total de casos no estado é de 667.449, foram 9.994 casos registrados nas últimas 24 horas.


O Rio Grande do Sul também bateu um novo recorde de ocupação de leitos de UTI. A taxa de ocupação é de 101,4% na atualização das 16:07 da tarde desta quinta. No estado, são 3012 pacientes em UTI, destes, 2012 são confirmados para Covid-19 e 173 são suspeitos.


Na região de Pelotas, o percentual de ocupação de UTI também é alto, de 89%. Dos 154 pacientes, 51 são casos confirmados e 29 são casos suspeitos.


Com o agravamento da pandemia, o governador Eduardo Leite anunciou que deverá manter o estado em bandeira preta na próxima semana.