• Douglas Dutra

Prefeitura de Piratini divulga nota sobre polêmica da vacinação

A Prefeitura de Piratini emitiu uma nota na tarde desta sexta-feira (22) justificando a vacinação de funcionários de farmácias que fazem testes para Covid-19.


O assunto veio à tona após reportagem publicada no jornal Diário Popular desta sexta.


Na nota, a Prefeitura diz que estes profissionais fazem parte sim do grupo prioritário, "seja porque são profissionais da saúde, seja pelo contato direto com pacientes positivos".


A nota diz que "da leitura do plano estadual de vacinação depreendeu-se que todos profissionais da linha de frente (neles incluídos os responsáveis técnicos por exames de detecção do vírus COVID-19 no setor privado) poderiam receber a vacina".


Segundo a Prefeitura, a secretaria da Saúde adotou cautelas para garantir que houvesse doses suficientes para todos os profissionais da área, e avançar a vacinação dentro do grupo prioritário com o excedente.


O plano de imunização do governo do Estado alista profissionais responsáveis pela coleta de Swab para COVID-19 no grupo prioritário. Swab é o teste para a doença realizado com o cotonete. No começo da pandemia, as farmácias realizavam apenas testes rápidos com amostra de sangue, no entanto, atualmente algumas farmácias já realizam teste swab, o que gera ambiguidade quanto ao teor do plano estadual.


Leia a nota completa abaixo:


Siga-nos

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020