• Douglas Dutra

Vereador entra na justiça para que Espíndola saia da Saúde

O vereador Jimmy Carter Gonçalves (MDB) entrou com uma ação no Ministério Público do estado para que a justiça faça cumprir a sentença do Supremo Tribunal Federal (STF) que condenou o secretário de Saúde de Piratini, Diego Espíndola.

Após recorrer das decisões das instâncias inferiores, Diego apelou ao STF para rever sua condenação no processo em que foi acusado de improbidade administrativa envolvendo contratos da saúde com a Associação Comunitária da Venda da Lata.


Com a condenação, além de pagar uma multa de R$ 39 mil, Espíndola também terá que deixar o cargo. No entanto, a condenação, que foi proferida em março, ainda não foi cumprida.


Procurado, Diego disse apenas que "não temos tempo para gastar com isso, a saúde é nossa missão".


No processo, Diego foi investigado por contratações indevidas através da Associação da Venda da Lata para o Programa de Saúde da Família. Uma das testemunhas do caso foi uma fonoaudióloga, contratada em 2010, que apresentou como provas ligações telefônicas entre ela e o secretário. O secretário foi condenado nas três instâncias e não cabe mais recursos.


A queda do secretário vem em meio à crise sanitária do novo coronavírus. Segundo fonte, um dos nomes que já é cotado para assumir a secretaria caso Diego saia, é o de Fernando Taddei. A seu favor, pesa a experiência administrativa dentro da própria secretaria.


Procurada, a assessoria do prefeito Vitor Ivan Rodrigues disse que ele não irá se manifestar no momento.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020