• Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2019

Campanha de vacinação teve pouca procura em Piratini

16/5/2017

  Neste sábado (13) ocorreu o dia D, campanha nacional de vacinação contra a gripe influenza A para os grupos prioritários, em que buscava vacinar pelo menos 90% desta população.

 

  O público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional.

 

  Porém, os números em Piratini não foram animadores, onde se esperava atingir 5.054 pessoas desses grupos, no caso os 90% estipulados pelo ministério da saúde nacional. E, a realidade na área urbana foi apenas 40,84%, nem metade do previsto. Diego Espíndola, secretário municipal da saúde relata que o tempo chuvoso e frio do final de semana atrapalharam bastante a campanha, que apesar de ter ocorrido em todos os quatro postos de saúde da cidade, não ocorreu no interior, e foi remarcada para 17 e 18 (próximas quarta e quinta-feira).

 

Confira os números divulgados pela secretaria de saúde municipal:

 

Crianças: estimativa 954

Doses aplicadas -211

Cobertura- 22,12%

 

Trabalhadores de saúde: estimativa- 226

Doses aplicadas- 169

Cobertura- 74,18%

 

Gestantes: estimativa-138

Doses aplicadas-49

Cobertura- 35,5%

 

Puérperas: estimativa 23

Doses aplicadas 49

Cobertura-69,57%

 

Idosos: estimativa 3713

Doses aplicadas- 1.619

 

Cobertura vacinal até o momento: 43,60%

 

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Please reload