Câmara poderá ter espaço para manifestações da assistência

16/11/2018

 

É de autoria do vereador Altino Alexis Reyes de Matos, do Partido Progressista, (PP), um projeto de lei que deve permitir a integrantes da comunidade piratiniense ter um espaço para manifestar-se durante as reuniões ordinárias do legislativo, o que é proibido pelo regimento interno,  e hoje só é liberado aos componentes da assistência quando ocorrem audiências públicas.

 

O espaço se chamará “A voz da comunidade” e terá um total de 15 minutos durante o grande expediente, para pessoas abordarem assuntos de interesse público, não podendo de nenhuma forma, levarem para a tribuna pedidos pessoais, e sim, coletivos, que estejam prejudicando todos ou uma parte significativa de moradores de ruas e bairros da cidade.

 

“Os oradores terão cada um de três a cinco minutos no máximo para expor as mais variadas situações e a ideia é permitir a participação de até três pessoas a cada reunião”, detalha o autor.

 

 A inscrição para os interessados está prevista para ser feita na Secretaria da Câmara, mas para isso será necessário a realização de um cadastro que exige a apresentação de documentos específicos previstos no projeto que vai à votação na próxima reunião a ser realizada na segunda-feira, 19.

 

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020