• Nael Rosa

Medidas alteram ano letivo de outra escola rural em Pinheiro


A administração municipal que tem à frente o prefeito José Antônio Duarte da Rosa- (PDT) e o vice- prefeito Jackson Cabral- (PSDB) argumenta que precisou tomar mais uma media impopular para tentar reverter à situação econômica caótica que atravessa o município de Pinheiro Machado.


Novamente um educandário do interior, desta vez a Escola Municipal Ana Tereza da Rosa, em Torrinhas e que tem 93 alunos, teve seu cotidiano alterado, comunicado que veio de forma oficial durante uma reunião com mestres, alguns poucos alunos e cerca de 40 pais presentes à reunião onde o secretário municipal de educação, Leonardo. Morais confirmou que o ano letivo terá turmas bisseriadas, ou seja, apenas um professor ministrará aulas para duas turmas, de anos diferentes e quase ao mesmo tempo, sendo o período de 45 minutos, tempo de cada aula, dividido por dois, para que, por exemplo, 8º e 9º ano recebam o conteúdo no mesmo espaço.


A medida revoltou os presentes que protestaram e tentaram reverter o quadro por cerca de três horas e meia de reunião, mas não conseguiram. “Meu filho já estudou de forma bisseriada e asseguro que o aprendizado foi muito fraco. Aqui serão durante um ano inteiro quase trinta alunos em uma só sala de aula, e é óbvio que não irão aprender”, reclamou Michele Parente à nossa reportagem.


Ao justificar mais essa medida drástica que já atingiu a Escola do Passo do Machado, fechada pela prefeitura em fevereiro, o secretário usou o mesmo argumento: “A crise financeira está em todas as esferas do país, e em Pinheiro não é diferente. Para qualificar o transporte escolar e garantir a regularidade das aulas estamos tomando algumas providências. Isso está fazendo com que façamos alterações em todos os educandários” disse Leonardo.


Em frente à Ana Tereza da Rosa, um dos alvos das reclamações dos presentes à reunião. Um ônibus velho, totalmente sem condições que ofertem segurança, integra a frota que busca e leva dezenas de alunos pelos vários distritos onde residem os estudantes.


Mostrando o veículo e contestando seu estado, questionamos o secretário que respondeu: “É um dos que nos temos, mas recentemente o vice- prefeito Cabral esteve em Brasília e a boa noticia é que conquistamos uma verba para a aquisição de um ônibus seminovo que não vou descartar a possibilidade de vir a servir esta escola” concluiu.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon

Nativa FM 94.1 - Todos os direitos reservados © 2020