Prefeito e vice tomam posse em Pinheiro Machado

O final da tarde deste sábado (24) foi marcado pelo ato de posse dos membros do Poder Executivo de Pinheiro Machado. Nas dependências do ginásio municipal, Ronaldo Madruga (PP) e Rogério Moura (PSB) - os mais votados na eleição suplementar ocorrida em julho - passaram a responder oficialmente como prefeito e vice-prefeito. Em razão da pandemia, o acesso ao público foi restrito e houve necessidade de inscrição prévia para participar.

Ronaldo e Rogério foram eleitos no dia 4 de julho

No início da solenidade, conduzida pelo presidente da Câmara de Vereadores, Fabrício Costa (PSB), ocorreu a posse do suplente do PP, Vilson Jorge, que ocupa agora a vaga de Madruga no Legislativo.


Durante seu discurso, o novo prefeito prestou contas do período que esteve no cargo de forma interina e mostrou os saldos das contas bancárias da prefeitura pinheirense do início do ano e desta semana. Segundo ele, só de recursos livres, o município passou de pouco mais de R$ 322 mil para R$ 3 milhões em caixa. “Essas informações são públicas e isso foi fruto do trabalho de toda a equipe. Muitas vezes alguns funcionários diziam que não aguentavam mais trabalhar, mas toda essa doação foi importante para conseguir esse resultado”, disse.


Além disso, Madruga anunciou o retorno do pagamento do vale-alimentação, o 13º salário e a folha do mês vigente já para os próximos dias. “Para quem não acreditava que fosse possível, na próxima semana eu estarei com as minhas contas em dia com o servidor público e só não pude fazer isso antes porque a legislação eleitoral não permitia. A gente tem uma bancada forte de governo, acredito que os vereadores de oposição têm um olhar diferenciado para o município e vão nos ajudar. É o trabalho de todos que nos permite dar esse grande presente aos funcionários, que há mais de 7 anos não recebiam o 13º no primeiro semestre e também estavam há 3 anos e meio sem receber o vale-alimentação”, destacou.


Para Rogério Moura, que abriu mão de concorrer ao cargo de prefeito para ser vice, o companheiro de chapa mostrou a sua capacidade na gestão pública e, sem vaidades, sua prioridade é fazer Pinheiro Machado crescer e se desenvolver. “Eu já tive um mandato como vereador e o meu norte sempre foi o município de Pinheiro Machado, sempre buscando recursos, e assim eu quero ser agora como vice-prefeito. Nós temos uma batalha muito grande, precisamos trazer as soluções para os problemas da nossa comunidade, não vamos ser acomodados e vamos trabalhar bastante”, ressaltou.


Além dos vereadores e representantes de entidades locais, o prefeito de Pedras Altas, Luiz Alberto Perdomo, e o de Hulha Negra, Renato Machado (ambos do PP), participaram representando respectivamente a Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) e o Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social dos Municípios da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja). Durante os discursos, foram unânimes as demonstrações de apoio aos novos membros do Poder Executivo e a necessidade de unirem forças para o desenvolvimento do município e da região como um todo.


Ronaldo Madruga e Rogério Moura respondem pela Prefeitura de Pinheiro Machado até 31 de dezembro de 2024.